Segunda-feira, 10 de Julho de 2006

Regras!!

Foi-me dito que, aquilo que eu acho muito natural, nem todas as mães são capazes de o fazer, ou seja, "impor" regras aos filhotes!
 
Pois é... O meu Alexandre é um menino com necessidades especiais, mas nem por isso eu deixo de o fazer sentir que quem comanda o barco são os papás.
O pequenino começa agora a fazer as suas birrinhas!!
 
No outro dia à meia noite cismou que queria ir passear...
E como é que eu descobri isso?
 
O Alexandre já tinha comido, já tinha esvaziado a tripita e já tinha arrotado bem arrotadito, e continuava a chorar!!
 
Peguei nele, e ele sempre a chorar, vesti-lhe uma camisola (que era do pijama, mas isso ele ainda não percebe) e dirigi-me à porta.
Adivinhem... Parou o choro!!
 
“Pois é filhote, mas isto não são horas de ir passear. A mamã só queria ver se era mesmo isto que tu querias, mas agora vais fazer naninha, porque amanhã é dia de trabalho e a mamã tem que se levantar cedo!”
 
Deitei-o na cama e foi ouvi-lo a chorar, mas mesmo assim não peguei mais nele. Virei-o de barriga para baixo e ele continuou a chorar, mas ao fim de algum tempo, acabou vencido pelo cansaço.
 
Sabem que eu acho que não gosto menos do meu filho, porque o deixo chorar de vez em quando. Se tenho consciência de que está tudo bem, então que chore se lhe apetece. A verdade é que se eu não lhe mostrar agora como são as coisas, mais tarde ele não vai entender quando eu não lhe fizer as vontades. Depois fico cansada, aborrecida e não consigo ter a paciência que preciso para o acompanhar.
Podem até achar que eu sou egoísta, ou algo do género, mas a verdade é que se o meu filho consegue compreender que quer ir passear, também consegue compreender que quando eu digo “não” é: “não”!
 
É como as crianças “normais”. Todos acham muita piada quando eles são pequeninos e dizem asneiras, mas depois crescem e já ninguém acha piada e eles não conseguem perceber o que estão a fazer de errado, se sempre fizeram o mesmo e nunca ninguém ralhou. E isso fica feio.
 
Com os meninos com necessidades especiais também é preciso criar regras, para que possamos estar bem connosco e principalmente que não seja um inferno estar com eles.
 

Beijos “regrados” per tutti!

publicado por o-sitio-do-alex às 20:50

link do post | favorito
De sandra a 12 de Julho de 2006 às 15:16
Pois é linda o Alex acima de tudo é uma criança normal que precisa de regras como as outras, só que é especial.

Ele tem vontades, como disseste e vocês impõe regras, eu tb deixo o André a chorar por birras, eles têm que perceber o errado e o correcto e ver quem manda são os papás.

Olha tens que ter forçae lutares pelos direitos do Alex, e melhores dias virão....eu tb me guio com essa frase.

beijokas
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Quem sou eu

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Actualização

. Novidades!!

. Terapia Quântica

. Snowzellen

. De volta ao Trabalho

. Despedida de Solteira

. Resposta a Desafio...

. Isto hoje vai ser um post...

. O meu filhote está a fica...

. Update!!

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

.Sites OK

blogs SAPO

.subscrever feeds